• Há mais de 16 anos a Santo Amaro é especialista em serviços e acessórios para automóveis nacionais, importados e caminhões.

Bico injetor, como evitar problemas

Bico Injetor, como funciona?

A válvula injetora de combustível, mais conhecida como bico injetor, é fundamental no sistema de injeção eletrônica para que o carro tenha eficiência tanto em economia, quanto em desempenho.

O bico injetor é responsável por pulverizar o combustível de maneira estequiométrica na câmara de combustão, através de pulsos elétricos comandados pela ECU, mais conhecida como módulo de injeção.

Injeção eletrônica no carro, bico injetor
Injeção eletrônica no carro, bico injetor

Quando o sistema de injeção começa a ter um mau funcionamento, a tendência é que seja um problema nos bicos injetores.

Esse tipo de problema costuma ser o entupimento do bico injetor, fazendo com que ele não pulverize corretamente o combustível, tornando a compressão não eficiente, perdendo potência e forçando o motor a gastar mais combustível através dos outros cilindros.

Mas como podemos evitar esse tipo de problema? Vamos ver isso agora.

Filtro de combustível

É o maior responsável por evitar que o bico injetor seja obstruído. Como o nome sugere o filtro de combustível tem a função de filtrar o combustível, para evitar que impurezas passem para o bico injetor.

Fazendo a troca do filtro de combustível periodicamente, evita-se que impurezas passem pelo filtro, mantendo o bico injetor limpo e protegido.

Combustível tem validade

O combustível que utilizamos, seja o álcool ou a gasolina, eles acompanham resíduos devido a transporte e troca de armazenagem.

Combustível comum se ficar muito tempo parado no veículo, pode danificar o bico injetor.
Combustível comum

Além disso, o combustível possui data de validade. Quando o combustível está armazenado nas bombas e reservatórios, ele tem menos contato com oxigênio, fazendo com que ele demore mais para oxidar, tendo uma validade de aproximadamente seis meses.

Quando esse mesmo combustível vai para o veículo, o contato com o oxigênio e o calor faz a validade cair drasticamente para uma média de dois meses.

Esse combustível quando passa da validade, ele se torna mais denso, o que faz com que o combustível seja mais difícil de ser pulverizado, podendo causar o entupimento parcial do bico injetor.

Como evitar problemas com os bicos injetores

Primeiro é essencial que o filtro de combustível seja substituído a cada 10.000 km, para evitar que a eficiência do filtro venha a permitir a passagem de impurezas do tanque e do combustível.

É interessante também, caso o veículo seja utilizado com pouca frequência, usar combustível aditivado, pois esse combustível tem maior validade que o combustível comum, além de prevenir que as “gomas” de combustível se formem no veículo, diminuindo as chances de ocorrer obstrução dos bicos injetores.

Combustível aditivado

Não vamos entrar muito a fundo sobre a limpeza de bico de injeção, pois não é algo que evita problemas, mas sim uma alternativa, usada em ultimo caso, em algumas ocasiões em que a válvula não foi condenada.

E ai, gostou das dicas? Deixe a sua opinião aqui nos comentários.