• Há mais de 16 anos a Santo Amaro é especialista em serviços e acessórios para automóveis nacionais, importados e caminhões.

Troca de filtro de ar

Troca de Filtro de ar condicionado do carro: o grande aliado da sua saúde no inverno. Como entramos no mês mais gelado do inverno, aumenta a incidência de casos de problemas respiratórios. Como medida preventiva, a atenção costuma se voltar para a casa e para o ambiente de trabalho. E o carro, local em que passamos várias horas do nosso dia, acaba esquecido. O que é um grande erro, principalmente para quem mora nas grandes e congestionadas cidades, onde os índices de poluição são ainda mais altos.

Diante disso, fica o alerta de que a troca do filtro do ar-condicionado dos carros é muito importante durante o inverno, devido ao maior uso do recurso de aquecimento nos dias mais frios.

As pessoas associam o uso do ar-condicionado com o verão, já que os dias estão cada vez mais quentes, por isso, é quando elas se lembram de fazer a troca. No entanto, no inverno, os filtros continuam trabalhando no sistema de climatização dos veículos, reciclagem e filtragem do ar quente ou até mesmo na simples busca do ar externo para ventilação interna e, neste processo, acumulam microrganismos que podem gerar riscos à saúde.

Para quem tem rinite, uma das principais recomendações dos médicos é reduzir ao máximo o contato com ácaros. O ar condicionado pode ser um grande aliado nisso, mas, para que ele cumpra essa função, os filtros precisam estar limpos, por isso, a troca periódica para os alérgicos é ainda mais relevante para a saúde, ideal é não rodar mais do que 10 mil km sem fazer essa renovação.

Os filtros de ar eliminam a sujeira aspirada pelo motor, garantindo que apenas o ar livre de impurezas chegue à câmara de combustão. Isso evita o desgaste antes do tempo de peças móveis do motor, como pistões e biela. A troca desses filtros é recomendada a cada 10 mil KM em média.

Caso não seja feita a troca no período estipulado, é possível que haja aumento no consumo de combustível. O acumulo de sujeira faz com que o propulsor trabalhe mais para puxar o ar, elevando o consumo de combustível e deixando entrar impurezas que atingem o motor. Nesse caso, também há uma queda no desempenho do carro nas retomadas de velocidade.